Como as marcas estão se preparando para a Black Friday

COMO AS MARCAS ESTÃO SE PREPARANDO PARA A BLACK FRIDAY

Nesta Black Friday, há uma expectativa muito grande em relação às vendas. Segundo pesquisa da Ebit, estima-se que haja um crescimento de 30% em comparação ao ano passado no número de transações. Em 2015, houve uma movimentação de R$ 1,5 bilhão. Com o aumento esperado, o faturamento de 2016 deve ser de R$ 2,1 bilhões.

faturamento da black friday

Com essa expectativa, as marcas estão se aquecendo também para conseguir um bom número de vendas nesta sexta-feira, dia 25. Com promessas de até 80% de desconto,  é esperada uma grande movimentação em lojas físicas e virtuais.

Na internet, destacaram-se no ano passado Saraiva, Netshoes, Magazine Luiza, Dafiti e O Boticário. Elas lideraram o top 15 de marcas mais comentadas e com maior engajamento em relação às suas publicações referente ao evento nas redes sociais.

Mas quem está se destacando neste ano?

Algumas empresas, além de campanhas internas, optaram por serviços de cupons, que aumentam o desconto sem prejudicar no lucro. Algumas marcas como Americanas, Extra, Ponto Frio, Apple, Magazine Luiza, Submarino, Walmart e Shoptime, juntaram-se à Cuponeria e estão fornecendo descontos a quem comprar por meio do site da empresa de tickets.

Esta Black Friday é apontada pelos comerciantes como “A Black Friday da crise” e, grande parte deles, acredita que ela salvará o ano no setor de varejo. Em 2015, o valor médico das compras no geral foi de R$ 492, como a expectativa é maior, espera-se que esse valor cresça, aumentando também o faturamento.

Há um investimento grande das marcas no e-commerce mobile. Segundo levantamento da Ebit, 37% dos acessos às lojas serão feitos por dispositivos móveis. Além disso, os layouts dos sites estão personalizados com chamadas para a Black Friday, que ativa mais ainda a vontade de compra do cliente, que ligará o evento ao preço mais baixo.

As marcas já estão se preparando para as 24 horas de desconto há aproximadamente seis meses. Segundo especialistas, quanto antes o comerciante se preparar, melhor será o seu desempenho.

 

 

http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/11/black-friday-da-crise-tenta-salvar-varejo-em-ano-de-vendas-fracas.html

https://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/ja-esta-na-hora-de-pensar-na-black-friday-2016/

 

Comente

Sem endereço de e-mail não será publicado.