Media Training para políticos: de opcional para fundamental

media-training-para-politicos-de-opcional-para-necessario

O Media Training é uma das ferramentas de comunicação mais eficientes que existem para quem deseja ter uma boa reputação. Para qualquer pessoa que trabalhe constantemente com a sua imagem, é imprescindível ter este treinamento para se portar quando estiver em contato com a imprensa. Para o político não é diferente, já que necessita passar segurança e credibilidade no que diz, pois depende de seu poder de persuasão. Um candidato com um bom discurso e uma boa postura pode conquistar e até mesmo fidelizar um eleitor.

Além da postura e do conteúdo do discurso, o político deve ter uma linha de pensamento, ou seja, manter o mesmo raciocínio em todas as entrevistas. Assim, ele reforçará a ideia e aumentará ainda mais a sua credibilidade. Usualmente, os treinamentos de mídia contam com dicas de vestimentas, comportamento e orientam o candidato a tomar atitudes que mantenham a imagem pública sempre positiva, além de trabalhar o tom de voz, evitando a monotonia que torna o discurso cansativo e entediante.

Por que investir?

Um exemplo dessa necessidade é o que aconteceu com a presidenta Dilma Rousseff nos debates presidenciais de 2014, em que ela, como atual detentora do cargo, passou uma imagem de arrogante e artificial, tendo um discurso estrategicamente montado, ou seja, não soube demonstrar espontaneidade e segurança. Durante o debate, ela recebeu muitas críticas e viralizou nas redes sociais.

Além de todos os quesitos, o candidato também deve ter orientação para controlar o seu estado emocional. Durante a campanha, ele será exposto a situações em que possa agir de uma maneira negativa, prejudicando sua imagem. Sendo assim, o especialista deve treinar o político para controlar as suas emoções quando estiver em contato com a imprensa. É preciso explorar o carisma também para ganhar a simpatia do eleitor. Outro ponto a ser trabalhado é o comportamento gestual, pois a linguagem corporal influencia diretamente na interpretação que as pessoas possam ter.

Com isso, investir em Media Training passou a ser uma das prioridades para o candidato que quer conquistar uma boa conduta e manter uma imagem pública positiva. Conhecer características básicas do veículo como editor, jornalista, linha editorial e prazos de fechamento é de extrema importância para que o político fique mais confortável durante o contato com estes profissionais.

*Nancy Assad – especialista em comunicação estratégica e marketing. É jornalista, pós-graduada em Marketing pela FGV. É autora dos livros: “Media Training – Comunicação Eficaz com a Imprensa e a Sociedade” – Editora Gente 2009 e “As Cinco Fases da Comunicação para Gestão de Mudanças – Como aplicar Conhecimento na Sustentabilidade Corporativa” – Editora Saraiva 2010. 

Comente

Sem endereço de e-mail não será publicado.