Start Up X Empresas Convencionais: Qual a diferença?

STARTUP X EMPRESAS CONVENCIONAIS: QUAL A DIFERENÇA?

Startup é um termo que vem sendo muito utilizado em diversos segmentos. A definição mais aceita ultimamente por especialistas e investidores é que startup é um grupo de pessoas que trabalha em condições incertas, ou seja, o ideal daquela empresa não é confirmado se dará certo.

Mas o que diferencia a startup de uma empresa convencional? As principais diferenças são o modelo de negócio e como ela gera valor. Por exemplo, franquias, em que o franqueado paga para uma empresa o direito de usar a sua marca e ganha lucros em cima dela e suporte do franqueador.

Enquanto as empresas convencionais buscam inovações constantes para vencer a concorrência de mercado, as startups são “repetíveis”. Ou seja, elas procuram chegar a um nível de capacidade de entregar o mesmo produto de forma ilimitada, sem muitas mudanças, para o mesmo cliente, crescendo por meio da quantidade.

STARTUP X EMPRESAS CONVENCIONAIS: QUAL A DIFERENÇA?

 

Um exemplo disso é a startup brasileira de centros médicos, Dr. Consulta, que recebeu o prêmio Latam Founders Award, considerado o “Oscar das Startups”, na categoria Empresa de Maior Impacto. Ela está crescendo cada vez mais devido ao seu modelo de negócio, que, por meio de consultas e exames baratos com médicos qualificados, gera acesso a uma saúde de qualidade a famílias sem sistema privado de saúde ou convênios médicos.

Segundo pesquisa da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), cerca de 2 milhões de pessoas perderam seu plano de saúde no último ano e meio. Este quesito, mais os preços das consultas, que variam entre R$ 60 e R$ 135, a organização, a praticidade e o aumento de unidades foram essenciais para o crescimento da startup, que andou no caminho inverso de muitas empresas convencionais, como a Unimed Paulistana, também de saúde, que declarou falência e perdeu 740 mil clientes.

Outro ponto importante que difere a startup é o fato de ela ser escalável, ou seja, ela pode crescer sem mudar o seu estilo de negócios. Isso é reflexo de uma gestão também diferente, que a obriga a ter ferramentas e métodos próprios para funcionarem neste ambiente de “incertezas”.

Comente

Sem endereço de e-mail não será publicado.